Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sopa De letras

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Há vidas tristes

 

Costumo frequentar um cafézinho que fica dentro de um pequeno centro comercial. Ao fim de uns tempos as pessoas acabam por se conhecerem umas às outras e aos clientes que lá vão habitualmente. Parei lá para tomar um café e levar o Gonçalo que estava comigo à casa de banho. O G. estava bem disposto e portou-se bem a comer o seu lanchinho. No café o assunto era sobre uma cliente que de certa forma se encontra em perigo. Quando as outras clientes saíram do café, a dona contou-me a história.

 A senhora em causa era cliente dela há muitos anos. Era profissional de uma estação de Televisão pública até ter sofrido um AVC que a deixou em estado de coma. Quando acordou do estado de Coma, não se recordava de quem era e só falava inglês. A senhora deixou de poder trabalhar e recebeu a que tinha direito que consta que não era pouco. A própria mãe que tinha ido para casa dela supostamente ajudá-la na recuperação, tinha-lhe desfalcado as contas bancárias, até ela começar a ter alguma noção das coisas e recorrer a uma advogada.  E a situação depois de algumas reviravoltas estabilizou e a mãe ficou impedida de lhe mexer nas contas.

Contudo de acordo com a senhora que me contava a história, as consequências do AVC deixaram-na com uma mentalidade ao nível de uma criança, de quem algumas pessoas mal-intencionadas se aproveitavam.

Ora o assunto em causa era grave. Constava que havia um cliente do centro que apesar de ser uma pessoa com alguma apresentação, deixava a desejar em termos de valores. Teria este senhor, percebido a situação da senhora e tinha-a levado com ele para almoçarem e depois levou-a para casa dele e teria tido relações sexuais com a mesma e depois ainda lhe tido oferecido dinheiro, que a senhora não aceitou. Consta que alguns dias depois a cena se teria passado com outro homem. A questão que se levantava era, que, não estando a senhora em plena posse das suas faculdades mentais, estes homens se estariam a aproveitar dela. Por isso pus a hipótese que a repetir-se e para segurança da senhora em causa talvez a situação devesse ser denunciada à polícia.

E digam lá se não há vidas mesmos tristes?

E na vossa opinião, acham que alguém deve interferir nesta situação?

 

Foto retirada da Internet com link de referência.

31 colheradas

Comentar post

Quem é a cozinheira?

Calendário

Janeiro 2019

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Espreitar no caldeirão.

 

Blogs de Portugal

A provar a sopa

Comeram Sopa de Letras

contador de visitantes

Gostos