Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sopa De letras

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Sentidos I

Finalmente chegara a casa. Tirei o casaco, pousei as minhas coisas e fui lavar as mãos. Depois dirigi-me à cozinha e vi que ela permanecia ali fresca e viçosa. Desafiando-me os sentidos com as suas formas curvilíneas.

Apetecia-me tocá-la , sentir a textura da sua pele nas minhas mãos, sentir as suas formas curvilíneas por um breve momento e depois saboreá-la lentamente.

Não resisti e agarrei-a!
Sentia agora a textura da sua pele entre as minhas mãos. Como era macia a sua pele! Sentir as suas formas aguçava-me a imaginação e despertava-me com mais intensidade a vontade de a saborear. Por fim cedi à tentação, encostei-a aos meus lábios e mordi-a . Saboreei cada pedaço lentamente para não me esquecer do seu sabor.

Ah! Como me soube bem aquela fresca, sumarenta e deliciosa pêra!

3 colheradas

Comentar post

Quem é a cozinheira?

Calendário

Outubro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

Espreitar no caldeirão.

 

Blogs de Portugal

A provar a sopa

Comeram Sopa de Letras

contador de visitantes

Gostos