Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sopa De letras

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

CARTA DE AGRADECIMENTO

CARTA DE AGRADECIMENTO


Logo depois de ter lido aqueles documentos sobre a avaliação dos professores, pensei
como lhe deveria agradecer, Srª Ministra

. Afinal, aquelas horas passadas diariamente junto do
meu filho a verificar se os cadernos e as fichas estavam bem organizados, a preparar a mochila
e as matérias a estudar para o dia seguinte, a folhear a caderneta escolar, a analisar e a assinar
os trabalhos e os testes realizados nas muitas disciplinas, a curar a inflamação de uma
garganta dorida pela voz de comando “Vai estudar!” ou pela frase insistentemente repetida,
de 2ª a 6ª feira:”DESPACHA-TE! AINDA CHEGAS ATRASADO!” ou o incómodo e o tempo
perdido para o levar diariamente à Escola, percorrendo, mais cedo do que seria necessário, um
caminho contrário àquele que me conduziria ao meu emprego, tinham finalmente, os seus
dias contados. Doravante, essa responsabilidade passaria para a Escola e, individualmente,
para cada um dos seus professores. Finalmente, poderei ir ao cinema, dar dois dedos de
conversa no Café do Sr. Artur, trocar umas receitinhas com a minha vizinha (está entrevadinha,
coitadinha!) ou acomodar-me deliciosamente no sofá da sala a ver a minha telenovela
brasileira preferida.
O rapaz ainda me alertou para os efeitos das faltas o conduzirem à realização de uma
prova de recuperação. Fiz contas e encolhi os ombros - poupo gasóleo e muitos minutos de
caminho, de tráfego e de ajuntamentos. Afinal, ele até é esperto e, se calhar, na internet,
encontra alguns trabalhos ou testes já feitos… Sempre pode fazer “copy – paste”…
Efectivamente, as provas de recuperação parecem-me a melhor solução para acabar com a
minha asfixia matinal e vespertina. Ontem, a minha vizinha da frente, que tem dois ganapos na
escola do meu, disse-me que, se ele continuar a faltar, o vêm buscar a casa, e que, no próximo
ano lectivo, os professores vão tomar conta deles depois das aulas.
Oiro sobre azul. Obrigada, Srª Ministra. A Senhora é que percebe desta coisa de ser
mãe! A Senhora desculpe a minha ousadia, mas será que também não seria possível fazer uma
lei para os miúdos poderem ficar a dormir na escola? Bastava mandar retirar as mesas e
cadeiras das salas de aula e substituí-las por beliches, à noite. De manhã, era só desmontar e
voltar a arrumar. Têm bar, cantina e até duche. Com jeito, eles ainda aprendiam alguma
coisinha sobre tarefas domésticas, porque, em casa, não os podemos obrigar a fazer nada ou
somos acusados de exploradores do trabalho infantil com a ameaça dos putos ainda poderem
apresentar queixa junto das autoridades policiais.

 

 


recebi do por mail

Quem é a cozinheira?

Calendário

Outubro 2008

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Espreitar no caldeirão.

 

Blogs de Portugal

A provar a sopa

Comeram Sopa de Letras

contador de visitantes

Gostos