Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sopa De letras

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

VINTE ANOS SEM TI...

 

Rosas Brancas - GIFMANIA

 

          Faz hoje vinte anos que partiste. Vinte que viajaste para um mundo onde não te posso ver, nem sentir e nem ouvir a tua voz. Vou ter sempre saudades de ti, mas habituei-me à ideia que viajaste para muito longe, para um mundo onde não te posso visitar.

  

          Mas estás presente nas minhas memórias e no meu coração e mesmo que não te conheçam e nunca tenham tido o consolo do teu colo e dos teus afagos estarás também presente no coração dos meus filhos.   E sabes porquê? Porque tu tornavas o meu mundo mais bonito com a tua coragem e com as tuas histórias.

         E eu vou contando aos meus filhos a histórias que tu contavas sentadas à mesa ao pequeno almoço e que faziam com que fosse mágico…

           Sabes ainda hoje o Pequeno almoço é a minha refeição preferida. Mas sinto falta do cheiro do teu café. Não sei porquê nunca nenhum outro café me cheirou tão bem. Talvez porque eu sabia que eras tu que o fazias.

  Não te esqueci, nunca te esquecerei, permanecerás no meu coração para sempre. A minha mãe nunca entendeu que eu não deixei de sentir a tua falta. Apenas calei a minha dor porque se não a calasse doía demais.

 

   E sabes? Tenho tanta pena que não tenhas conhecido a minha Bárbara pequenina tão traquina e espevitada, faladora e desenrascada e o meu Gonçalo tão meigo e ternurento.

 Mas acredito que agora que és a minha estrela brilhar no universo e que de alguma forma sem que eu possa saber, os amas e os estás a proteger.

 Durante muitos anos fiquei zangada com o Santo António por não te ter deixado entre nós, agora acho que partiste no Doa de Santo António para que ele te pudesse guiar.

 

As tuas flores nasceram todas brancas, os cravos, as rosas e toadas as que tinhas no teu canteiro nasceram brancas, hoje acredito que para abençoar a tua partida.

 

Passaram vinte anos, mas por vezes ainda penso que só passaram vinte dias

Amar-te-ei para sempre Avó. Agora és a minha estrelinha reluzente.

 

 Mas fazes-me falta….

Recebe um beijo daqui ao mundo.

A tua neta mais refilona.

 

(Pessoas que fazem o mundo mais bonito#4)

Quem é a cozinheira?

Calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Espreitar no caldeirão.

 

subscrever feeds

Blogs de Portugal

A provar a sopa

Comeram Sopa de Letras

contador de visitantes

Gostos