Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sopa De letras

Vinha à procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Vinha à procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Desafio Tag Primavera

 Fui nomeada pela “D(eficiente) Dona de Casa  para responder a este desafio sobre a Primavera

 

12194557_1085162824827319_4047779911216302638_o.jp

 Foto de minha autoria .Direitos resvados. Copyrights reserved

 

Qual é a tua cor preferida da Primavera?

Amarelo sem dúvida, amarelo da luz do sol, amarelo das azedas dos malmequeres, das mimosas que me fazem espirrar sem parar e me dão comichão nos olhos e ficar amarela de desespero.

E como com ela chegam os intensos raios de sol, os óculos escuros vêm a calhar. Qual é o teu modelo preferido? 
Gosto de variar de acordo com a roupa.
O que mais gostas de fazer nesta estação? 
Ir passear ao parque com o meu filho porque os dias são mais compridos e fotografar flores.

Um perfume cujo aroma te lembre esta altura.
Limão, não sei porquê para mim a primavera tem cheiro limão.

A tua coisa preferida sobre a Primavera.
Os dias maiores, não anoitecer às cinco da tarde.

  E quem nomeio:

 

 A minha filhota Babá

A Bom Garfo

A C.

E quem visitar este blog e que queira responder.

 

 

Aos que lutaram

 

Que as vozes do que trabalham nunca se cansem de gritar pelos seus direitos

Que os Braços dos que trabalham nunca se cansem de lutar pelo que é seu

Que as pernas dos que trabalham nunca parem de os guiar

Que a força dos que trabalham prevaleça!

Pelas mães que pariam os filhos mortos e iam trabalhar a seguir,

Pelas mães que pariam os filhos vivos e iam trabalhar a seguir

Pelas que pariam e depois morriam, porque não podiam parar.

Pelas crianças que laboravam horas sem parar

Sujas, descalças, sem saber o que era brincar …

Pelas mães que não tinham pão nem condição

Para alimentar as bocas vazias de fome no seu lar

Por todos que de sol a sol laboravam

Na terra de rostos tisnados e cansados

Cujas amas dos filhos eram árvores, pás e arados.

Pelas mães que perdiam os filhos nas minas

Pelas crianças com infâncias e corpos mutilados

Nas máquinas imparáveis dos intocáveis

Que tudo o que se conquistou

Com sangue suor e lágrimas permaneça

Que esta herança não esmoreça.

 

Texto de minha autoria Direitos reservados.

Homenagem aos trabalhadores e a  todos  que no passado lutaram pela conquista de direitos que hoje damos como adquiridos.

Pág. 2/2

Quem é a cozinheira?

Calendário

Maio 2018

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031

Espreitar no caldeirão.

 

Sopas Servidas

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2011
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2010
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2009
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2008
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2007
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D
  196. 2006
  197. J
  198. F
  199. M
  200. A
  201. M
  202. J
  203. J
  204. A
  205. S
  206. O
  207. N
  208. D
  209. 2005
  210. J
  211. F
  212. M
  213. A
  214. M
  215. J
  216. J
  217. A
  218. S
  219. O
  220. N
  221. D
  222. 2004
  223. J
  224. F
  225. M
  226. A
  227. M
  228. J
  229. J
  230. A
  231. S
  232. O
  233. N
  234. D

subscrever feeds

Blogs de Portugal

Gostos

Em destaque no SAPO Blogs
pub