Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sopa De letras

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Vinha á procura de sopa? Aqui há , mas só de letras! Letras atiradas ao acaso saídas de uma Caixinha de Pandora.

Palácio de Estrelas

 Era criança e sonhava com as estrelas que todas as noites via no céu, com a lua longínqua num céu distante, que no seu brilho nocturno lhe traziam a promessa de um novo mundo, em que a fantasia reinava , tal como nas lojas de brinquedos. E no seu sonho, no seu mundo não havia casas. Só palácios de tectos estrelados, onde num quarto aconchegante, numa cama confortável, um rosto feminino de feições delicadas e olhos profundamente tristes, se acercava dele beijando-o carinhosamente na testa, e ao sentir o beijo tudo se desfazia. Restava apenas uma névoa . A névoa que escondia essas recordações submersas no seu inconsciente de criança, onde as suas recordações, de um rosto de mãe aconchegando-o no seu leito, se confundiam com os sonhos de palácios e fantasia que as estrelas e a lua lhe recordavam. Existia apenas e só o sonho. E continuava, até ao alvorecer do dia a sonhar, no seu sono doce e ingénuo de criança . Na sua verdadeira casa, debaixo de um tecto - céu estrelado, aconchegado em lençóis de jornal numa cama banco de jardim , onde apenas o vento suave lhe beijava a testa.

Estou furiosa com o Batráquio

Raios parta, o raio do bicho,ue deve pensar que eu também sou um batráquio! E me faz pular de um lado para o outro sem me dar solução aos meus problemas. Há uns anos que tenho um blog “Crónicas de uma mãe atrapalhada” onde contava as minhas peripécias com a minha filha, que na altura tinha mais de dois e já falava pelos sete cotovelos.

 Alguns problemas de ordem pessoal e algumas visitas menos simpáticas após ter sido considerado o melhor Babyblog de2007, (que deviam pensar que ganhei alguma coisa com isso a não ser  o selo que já nem existe para meu desgosto), conjugadas com outros fatores, fizeram com que eu deixasse de escrever tão regularmente no blog.

Aliás parei mesmo durante uns tempos, depois engravidei do meu segundo filho e voltei. Um dia congelaram-me o raio do mail que lhe dava acesso e nunca mais consegui publicar lá nada desde os dois anos do meu filho. ( Ele já tem seis!)

Tenho ligado para os serviços e deixam-me sempre pendurada à espera de “uma chamada de Volta”  ( que me faz lembrar o filme “A verdadeira história do Capuchinho Vermelho”) e não me resolvem o problema. Estou triste e parece um ciclo. No inicio o Batráquio não aceitava o meu nick de Mamã Gansa e agora é o mail do batráquio não me deixa voltar a ser Gansa. 

 E eu que até gosto de sapos (mas não de os engolir) estou furiosa com o Batráquio.

Quem é a cozinheira?

Calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Espreitar no caldeirão.

 

subscrever feeds

Blogs de Portugal

A provar a sopa

Comeram Sopa de Letras

contador de visitantes

Gostos